Senhoras Do Ventre Do Mundo - G.R.E.S. Acadêmicos Do Salgueiro feat. Leonardo Bessa, Hudson Luiz, Tuninho Júnior, Xande De Pilares & Zezé Motta

É mãe, é mulher a mão guardiã
Calor que afaga, poder que assola
No vale do Nilo a luz da manhã
A filha de Zambi nas terras de Angola

(É Deus que aponta a estrela que tem que brilhar!)
(Salve a Academia do Samba!)
(A força da comunidade é a força da nossa escola!)

Firma o tambor pra rainha do terreiro
É negritude... Salgueiro
Herança que vem de lá
Na ginga que faz esse povo sambar

Firma o tambor pra rainha do terreiro
É negritude... Salgueiro
Herança que vem de lá
Na ginga que faz esse povo sambar

Senhoras do ventre do mundo inteiro
A luz no caminho do meu Salgueiro
A me guiar... vermelha inspiração
Faz misturar ao branco nesse chão
Na força do seu ritual sagrado
Riqueza ancestral
Deusa raiz africana
Bendita ela é... É no axé um canto de amor
Magia pra quem tem fé
Na gira que me criou

É mãe, é mulher a mão guardiã
Calor que afaga, poder que assola
No vale do Nilo a luz da manhã
A filha de Zambi nas terras de Angola

É mãe, é mulher a mão guardiã
Calor que afaga, poder que assola
No vale do Nilo a luz da manhã
A filha de Zambi nas terras de Angola

Guerreira, feiticeira, general contra o invasor
A dona dos saberes confirmando seu valor

Ecoou no Qariterê
O sangue é malê em São Salvador

Oh matriarca desse cafundó
A preta que me faz um cafuné
Ama de leite do senhor
A tia que me ensinou a comer doce na colher
A bênção mãe baiana rezadeira
Em minha vida seu legado de amor
Liberdade é resistência
E à luz da consciência
A alma não tem cor

Firma o tambor pra rainha do terreiro
É negritude... Salgueiro
Herança que vem de lá
Na ginga que faz esse povo sambar

Firma o tambor pra rainha do terreiro
É negritude... Salgueiro
Herança que vem de lá
Na ginga que faz esse povo sambar

Senhoras do ventre do mundo inteiro
A luz no caminho do meu Salgueiro
A me guiar... vermelha inspiração
Faz misturar ao branco nesse chão
Na força do seu ritual sagrado
Riqueza ancestral
Deusa raiz africana
Bendita ela é... É no axé um canto de amor
Magia pra quem tem fé
Na gira que me criou

É mãe, é mulher a mão guardiã
Calor que afaga, poder que assola
No vale do Nilo a luz da manhã
A filha de Zambi nas terras de Angola

É mãe, é mulher a mão guardiã
Calor que afaga, poder que assola
No vale do Nilo a luz da manhã
A filha de Zambi nas terras de Angola

Guerreira, feiticeira, general contra o invasor
A dona dos saberes confirmando seu valor

Ecoou no Qariterê
O sangue é malê em São Salvador

Oh matriarca desse cafundó
A preta que me faz um cafuné
Ama de leite do senhor
A tia que me ensinou a comer doce na colher
A bênção mãe baiana rezadeira
Em minha vida seu legado de amor
Liberdade é resistência
E à luz da consciência
A alma não tem cor

Firma o tambor pra rainha do terreiro
É negritude... Salgueiro
Herança que vem de lá
Na ginga que faz esse povo sambar

Firma o tambor pra rainha do terreiro
É negritude... Salgueiro
Herança que vem de lá
Na ginga que faz esse povo sambar



Credits
Writer(s): leonardo gallo, betinho de pilares, dudu botelho, vanderlei silva, renato galante, vanderley sena, xande de pilares, dema chagas, ralfe ribeiro
Lyrics powered by www.musixmatch.com

Link

Video consigliato

© 2020 Riproduzione riservata. Rockol.com S.r.l.
Policy uso immagini

Rockol

  • Utilizza solo immagini e fotografie rese disponibili a fini promozionali (“for press use”) da case discografiche, agenti di artisti e uffici stampa.
  • Usa le immagini per finalità di critica ed esercizio del diritto di cronaca, in modalità degradata conforme alle prescrizioni della legge sul diritto d'autore, utilizzate ad esclusivo corredo dei propri contenuti informativi.
  • Accetta solo fotografie non esclusive, destinate a utilizzo su testate e, in generale, quelle libere da diritti.
  • Pubblica immagini fotografiche dal vivo concesse in utilizzo da fotografi dei quali viene riportato il copyright.
  • È disponibile a corrispondere all'avente diritto un equo compenso in caso di pubblicazione di fotografie il cui autore sia, all'atto della pubblicazione, ignoto.

Segnalazioni

Vogliate segnalarci immediatamente la eventuali presenza di immagini non rientranti nelle fattispecie di cui sopra, per una nostra rapida valutazione e, ove confermato l’improprio utilizzo, per una immediata rimozione.